Para além da Galinha Pintadinha

Se você é daquelas mães que ODEIAM a tal galinha pintadinha, Pepa Pig e toooda a sua corja. Esse texto é para você. Eu garrei ódio na galinha pintadinha quando minha sobrinha tinha 2 anos. Ela só queira saber disso. Galinha pintadinha nos acompanhava do café-da-manhã ao jantar. E eu não quero isso pra mim novamente.

Meu pupilo tem hoje 5 meses. E eu tive que encontrar alternativas para não introduzi-lo no mundo da Galinha Pintadinha e sua turma tão cedo. Sei que, mais cedo ou mais tarde, algum f¥∏∂## irá fazê-lo. Certamente (espero não pagar língua um dia), não entrará em minha casa. E eis os canais que ele assiste hoje. Considero o aprendizado sob qualquer outro aspecto. Ele pode até assistir desenhos animados, mas que sejam os que irão adicionar algo bom à essa interação.

Continue lendo

#MaternidadeFacilitada: Bebê que só quer saber de colo

Você que é mãe sabe o quanto as pessoas adoram dar pitacos na criação de nossos filhos. E uma das coisas que a gente mais ouve é: cuidado pra não acostumar esse menino demais no braço. O que pra mim soa como algo ruim, confesso. Como assim aquele serzinho indefeso não pode receber meu afago? E daí se ele só quiser saber de colo? Eu posso (e vou) ficar com ele nos braços o quanto ele quiser. E não me venha com papo.

Mas, só quem vive a maternidade sabe que a realidade é bem mais dura. Chega um momento em que a gente cansa de ficar com bebê no colo. Ou que a gente, simplesmente, precise fazer outra coisa. Eu aprendi a dar o colo somente quando necessário. Vem que eu te ajudo nessa também.

Continue lendo

Não sejam cruéis com as novas mamães

Já contei aqui um pouco da minha experiência de parto. Foram mais de 24 horas, desde a primeira contração até o parto em si. Era meu primeiro filho. Ainda estava me reconhecendo como mãe, tentando entender como aquele bebezinho “funcionava”, caminhando-levantando-deitando-e-sentando com muita dificuldade por conta dos pontos da cesárea e tive que aguentar piadinhas sobre minha incapacidade, minha fraqueza e por ter “arregado” de um parto normal. Como se uma cesárea fosse mais fácil; como se eu, realmente, tivesse poder de escolha. Se você também pensa assim, só te peço uma coisa: não seja cruel com uma nova mãe. Só eu sei o que passei até implorar pelo parto cesáreo.

Continue lendo

Status

“O sonho de toda mãe que amamenta: que os fabricantes da indústria alimentícia coloquem nos rótulos de TODOS os alimentos que eles não auxiliam no aumento da produção de leite.

Assim, voltaremos a comer por gosto. E não por obrigação”..  😒

O buquê da noiva/madrinhas #1year

Se faz parte da composição da noiva, é um item que merece total atenção e cuidado na hora da escolha. O buquê será tão aguardado quanto o vestido da noiva, e não tem o dever de ornar com a decoração. No entanto, não pode quebrar geral a paleta de cores que você tiver escolhido.

E o que falar do meu buquê? Gente! Eu pirei. Tinha dado duas opções de buquê para minha decoradora (que foi quem ficou resposável por ele). E só soube da escolha dela na hora da cerimônia. Eu queria mesmo que ela me surpreendesse. E o resultado foi show. Ele combinou com o ambiente, com minha personalidade, com tudo.

Continue lendo

Blog iniciante: quais caminhos trilhar para uma boa visibilidade?

Se você resolveu adentrar ao universo dos blogs, mas não sabe o que fazer para que os leitores te encontrem: tamo junto nessa. Se você já fez o possível para tornar o seu conteúdo atraente: tamo junto, mais uma vez. Este é um universo difícil de se sentir inserido. Ainda mais pela quantidade vasta de blogs que surgem diariamente.

É difícil encontrar o apoio de empresas no início. É complicado encontrar apoio até mesmo na própria comunidade da blogosfera. Parece um duelo. Vence o melhor. Ninguém se ajuda. Se, assim como eu, você também procura maneiras de se fazer presente e não desistir do seu blog, continue a leitura deste texto e veja o que pode ser feito para melhorar o seu rankeamento nos sites de busca.

Continue lendo