O vestido da Noiva #1year

0 Flares Filament.io 0 Flares ×

Eis o “item” ao qual você mais vai sofrer para encontrar: o vestido de noiva. Mesmo que você já entre na loja certa do modelo que quer, a atendente vai te mostrar outros que “são a sua cara” e a dúvida vai prevalecer em sua mente por muito e muito tempo. É bom que você leve alguém de sua confiança para te ajudar na escolha.

E por que tem que ser da sua confiança? Porque não pode ser alguém que te diz que “você tá linda” sempre. Lembre-se: sua meta é encontrar o vestido perfeito. O que mais combina contigo e que não seja exagerado para o estilo do seu casamento.

A minha longa jornada

Não sei você, mas eu não tenho a crença de que dá azar o seu noivo te ver usando o vestido antes da cerimônia. Para mim, não passa de uma crença retrógrada e imbecil. Então, meu noivo iria comigo nessa jornada. Mas, acabou que ele teve algum imprevisto e não conseguiu me acompanhar.

A primeira loja em que fui foi a La Fiancée. Encontrei eles no Google e resolvi ir lá fazer uma visita (tem que agendar pelo site antes). E eu quaaase morri quando cheguei lá. O lugar era incrível e fora que te tratam como alguém “realmente importante”. Tem uma atendente exclusiva para você, acho que por isso tem que ser agendado. Eles têm buquês de demonstração (para que você, realmente, incorpore a noiva que há aí dentro), tem um espaço e espelhos enormes (você pode ensaiar a entrada na igreja)..é incrivelmente perfeito. E o melhor de tudo? Eles te servem champanhe na taça. Achei ryyyco. Ah! E lá, é permitido fotografar os vestidos (o que não é em muuuuuitas lojas que fui). Mas, o preço era meio salgado. No entanto, valeu demais a experiência.

Depois, com duas amigas, rodei TODAS as lojas de noivas de Taguatinga. Todas. Foi bom para que eu pudesse fazer uma comparação de preços e encontrar uma que me atendesse, em todos os aspectos. Paciência é a palavra de ordem. É muita caminhada. Muito coloca e tira vestido. Muitos vestidos amáveis. E muita decepção com os preços deles também.

É fato: os vestidos que mais vão fazer seus olhinhos brilharem serão os mais caros e mais impossíveis de comprar/alugar. Então, conforme-se!

O meu vestido ideal

Como já falei nos outros textos dessa “série”, meu casamento foi em um domingo pela manhã. Dia bastante ensolarado. Então, eu estava em busca de um vestido bonito, mas que fugisse do modelo princesa ou que fosse bufante demais. Queria algo que me deixasse à vontade do início ao fim do casamento. Optei por não fazer troca. Usei o mesmo na cerimônia e na festa.

Encontrei lá no Castelo das Noivas. Eu não lembro o nome do tecido do vestido. Mas, é um que parece que é de crochê, só que é de uma linha mais durinha (acho que o nome é Gripir ou Guipir…algo assim..rs). Ele era super leve, foi ajustado ao meu corpo e eu tinha livre movimentação com ele. Eu não poderia ter escolhido vestido melhor. Sério! As fotos falam por só.

O que odiei foi minha escolha de sapato. Esse é um modelo que eu já havia comprado bem antes do casamento (na Mr. Foot), mas que nunca havia usado (ah! Mulheres). Ele é alto, com salto agulha e com bico fino. Usei só no dia da prévia e no casamento. Logo que fui para a pista de dança, me atraquei com uma havaianas e mandei o salto às cuncunhas..hehe

 

Você também vai gostar de

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *